É hoje: Acompanhe o raro alinhamento entre Júpiter e Saturno

Júpiter e Saturno

Neste dia 21 de dezembro acontecerá um evento astronômico que podemos considerar como uma raridade. Os planetas Júpiter e Saturno vão se alinhar, em um fenômeno que não acontece pelo menos desde o Século 17.

Dada a diferença na rotação dos planetas em relação ao Sol esse fenômeno é raro de acontecer. A Terra leva uma ano para dar volta no sol, já Júpiter leva 12 anos e Saturno leva 30 anos para dar volta em nossa estrela.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Dr. Sebastian Voltmer (@sebastianvoltmer)

A diferença de rotação entre os dois planetas torna esse alinhamento ainda mais complicado entre os dois planetas, e diferente da Terra e Marte, que se alinham com mais frequência, muitas vezes os dois maiores planetas do nosso sistema solar só conseguem alinhar as suas órbitas após muitos anos.

“Depois de meses de aproximação lenta, em 21 de dezembro, que coincide com o solstício de inverno, Júpiter e Saturno se reunirão em uma espetacular grande conjunção”, diz à BBC News Mundo (serviço em espanhol da BBC) Hernando Guarín, professor de Astronomia da Universidade del Valle, na Colômbia, e diretor da Rede Colombiana de Astronomia.

“Esta conjunção será excepcionalmente rara devido a quão próximos os planetas estarão entre si”, explica Patrick Hartigan, astrônomo da Universidade de Rice (EUA).

Para observar o fenômeno astronômico é preciso ter a sorte de ter um céu limpo, principalmente na área do horizonte. A região da linha do Equador será a melhor para observar a conjunção.


“Binóculos podem separar os planetas devido ao efeito ótico, por isso é melhor usar um telescópio”, afirma o astrônomo. “Com um telescópio você não verá apenas um disco duplo (dos planetas alinhados), como também poderá apreciar os anéis de Saturno e os cinturões de Júpiter.

As próximas grandes conjunções dos planetas estão previstas para 2080 e a segunda só depois de 2400.

 

Nota: Para achar a localização dos planetas indicamos duas formas. A primeira é pelo site Stellarium e o outra é pelo aplicativo Star Chart. No entanto, não precisa se limitar a apenas a estas opções, pois existem outros sites e aplicativos.

 

Fonte de apoio: BBC News/ Adaptações: Aeroflap

DEIXE UMA RESPOSTA