Eastern Airlines

A Eastern Airlines decidiu adiar novamente a sua estreia de voos regulares no Brasil. A companhia esperava iniciar em junho as operações de três destinos dos EUA para o Aeroporto de Confins.

A companhia ainda espera iniciar em breve os voos para o Brasil, e agora espera um início destes para o final de julho, ainda sem data fixa. O planeamento ainda inclui operações a partir de Boston, Nova York e Miami para Confins.

Anteriormente havia uma especulação sobre um possível adiamento, devido aos bloqueios de fronteira que não foram retirados pelos Estados Unidos para turistas brasileiros. Como a companhia tem foco especificamente no mercado turístico, os voos não seriam viáveis.

Um dos diferenciais da companhia está no fato de a aeronave ter apenas duas classes, o que amplia sua capacidade e contribui para mais conforto ao passageiro, que não precisa pagar pela primeira bagagem despachada de até 32 quilos.

Além disso, pode transportar, gratuitamente, um equipamento esportivo como, por exemplo, uma prancha de surf ou bicicleta. A Eastern Airlines também é pet friendly, e está apta a transportar animais de estimação a bordo.

Os passageiros que já compraram passagens aéreas e foram afetados pela mudança de planos podem remarcar seus bilhetes, ou solicitarem o reembolso da passagem.

“É sobre demanda. Sabemos que as pessoas querem viajar, mas simplesmente não podem. Já colocamos à venda nossos voos de Belo Horizonte, não só para Miami, mas também para Boston e Nova York”, disse o CEO da empresa, Steve Harfst, à CNN Brasil Business. “Assim que houver um número suficiente de pessoas capazes e dispostas a viajar, começaremos a voar”, explicou.