El Al vende três 737-800 para aliviar a pressão financeira da crise

Foto: Autor desconhecido

A companhia aérea israelense EL AL, chegou a um acordo de venda e arrendamento com uma empresa estrangeira não identificada, envolvendo a venda de três aviões Boeing 737-800 próprios.

De acordo com a companhia, cada aeronave será vendida por um total de US$ 76 milhões. A empresa de leasing vai comprar os três aviões, e arrendar novamente para a EL Al em um contrato de 8 anos, em uma transação que conhecemos como leaseback.

A EL AL não identificou as aeronaves específicas envolvidas, mas afirma que foram fabricadas em 2009. Em uma pesquisa, isso pode indicar que os aviões envolvidos tem as seguintes matrículas: 4X-EKH, 4X-EKJ e 4X-EKL.

A companhia deve receber até 2021 cerca de 75% do valor do contrato com a empresa de leasing, e os outros 25% serão pagos até o final de 2026.

A EL AL diz que está realizando a venda como parte de medidas para lidar com o impacto do surto de coronavírus em sua posição financeira.

 

DEIXE UMA RESPOSTA