Elon Musk Bolsonaro

O bilionário Elon Musk, conhecido por ser dono da Tesla e SpaceX, deverá vir ao Brasil nesta sexta-feira (20/05).

O motivo da visita às terras brasileiras é uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro, onde tratará sobre uso de satélites para monitorar desmatamentos e fornecer internet rural para produtores e escolas.

A chegada de Elon Musk deverá ser através do Aeroporto o Executivo Internacional São Paulo Catarina em jato privado, às 10h00 desta sexta-feira (20). Logo depois o bilionário almoçará com empresários, antes do encontro com o presidente do Brasil.

O encontro de Bolsonaro com Musk deverá ser o primeiro, após uma série de negociações envolvendo ministros do governo com a Starlink em 2020. Recentemente a Anatel também aprovou o uso do sistema de internet via satélite no Brasil, ao autorizar o uso dos roteadores de internet fornecidos pela empresa no kit com antena.

Satélites auxiliam na rápida localização de um foco de desmatamento.

De acordo com o jornal O Globo, que publicou primeiro as informações, a reunião será em Sorocaba, em um hotel de luxo, contará com a presença do presidente-executivo da Telecom Italia (TLIT.MI), Pietro Labriola, sendo que a TIM deseja utilizar o sistema Starlink para distribuir 4G em regiões remotas.

Outras autoridades também devem comparecer à reunião, que não está listada na agenda do presidente.

A tecnologia da Starlink, empresa de Musk, de criar uma constelação de satélites com finalidade de distribuir internet tem uma grande vantagem. A empresa consegue atingir um ping super baixo, em comparação com a tecnologia de satélites geoestacionários.

Comparação entre os satélites de órbita geoestacionária (GEO) e de órbita baixa (LEO).

A órbita baixa utilizada pela Starlink possibilita um ping na ordem de 20 a 40 milissegundos, de acordo com a SpaceX, contra um ping superior a 600 ms dos satélites geoestacionários, utilizados atualmente no sistema de internet pelas companhias aéreas em suas aeronaves.