Lufthansa Airbus

O período mais esperado pelas companhias aéreas chegou, e a Lufthansa aproveitou o momento e elevou o valor de suas passagens aéreas que tem como destino final a cidade de Londres no Reino Unido.

Pode parecer estranho mas a Lufthansa fez isso para tentar impedir a emissão de um grande volume de bilhetes, e por isso aumentou o valor em € 600 euros. 

Para o restante do mês, o mês da alta temporada, a companhia alemã irá vender passagens de Frankfurt para Londres apenas em sua tarifa mais elevada. Como comparação, o mesmo trecho poderia ser encontrado cerca para agosto por € 72 euros.

Se conseguir limitar a emissão de bilhetes, a Lufthansa poderá lidar um pouco melhor com a escassez de funcionários que o setor aéreo enfrenta. Com diversos cancelamentos por não ter estrutura suficiente para opera-los, a companhia se viu sem saída se não aumentar os valores.

As companhias aéreas da Europa não esperavam um retorno imediato da demanda, principalmente durante a alta temporada. Os números superaram os níveis previstos para apenas 2023.

Com milhares de funcionários dispensados no início da pandemia, nem a Lufthansa nem outras empresas conseguiram contratar novos funcionários e preencher a lacuna deixada por esses que foram dispensados.

Somente na Lufthansa foram cancelados mais de 3 mil voos antecipadamente, pois a empresa não consegue cumprir com a quantidade de voos que vendeu por falta de funcionários. 

“A Lufthansa faz o máximo para oferecer uma opção de viagem alternativa a todos os hóspedes afetados por um cancelamento de voo. Para garantir isso, a Lufthansa reduziu as disponibilidades para novas reservas em voos operados pela Lufthansa em julho”, disse um porta-voz

O CEO da Lufthansa Carsten Spohr disse que a empresa errou em seu planejamento para tentar equilibrar os custos.

“Certamente cometemos erros ao salvar nossa empresa e mais de 100.000 empregos nos últimos dois anos. Fomos longe demais na redução de custos aqui e ali, sob a pressão de mais de 10 bilhões de euros (US$ 10,6 bilhões) em perdas relacionadas à pandemia? Certamente, isso também.”

 

 

Com informações da Simple Flying