Aeronave KC-390 da Embraer com as bandeiras das cinco nações que desde o começo estão interesadas no KC-390

As negociações entre a Embraer e o governo português sobre o cargueiro multi-função KC-390 parecem tomar um rumo benéfico para fechar um contrato, pois a Embraer aceitou a proposta portuguesa de pagar 827 milhões de euros pela compra de cinco aeronaves de trasporte tático-estratégico, informaram algumas fontes.

Já faz algum tempo que o Governo de Portugal e a fabricante brasileira estão discutindo formas de abaixar os custos envolvendo a aeronave KC-390. No ano passado o ministro da Defesa reforçou, dias depois, que Lisboa desistiria dos KC-390 se a Embraer mantivesse as exigências financeiras adicionais.

Foto – Embraer

Fontes mais próximas das conversas disseram que ficou acertado que por esse preço Portugal receberia as cinco aeronaves, além de um simulador para os aviadores portugueses, bem como um pacote de manutenção durante o ciclo de vida útil das aeronaves.

Fontes do Ministério da Defesa limitaram-se a dizer que as negociações com a Embraer “mantêm-se em curso e estão em fase avançada”.

Portugal é uma das nações que desde o começo do projeto do KC-390 já estava no roll de nações interessadas na aeronave brasileira. Além de Portugal, a Argentina e a República Techca também estão interessados na aeronave.

No Brasil, a FAB deve receber o primeiro KC-390 ainda no primeiro semestre de 2019.

 

Fonte de apoio: Diário de Notícias/ Edição: Aeroflap