Embraer E2 KLM Cityhopper
Foto: Emerson Victor

No último sábado (30), um Embraer 195-E2 da KLM operado pela subsidiária regional da empresa, teve principio de fumaça a bordo da cabine de passageiros e também problemas no Mode S do transponder da aeronave.

O Embraer E2 de matrícula PH-NXF realizava o voo KL1651 que partiu de Amsterdã na Holanda com destino a Veneza na Itália.  A bordo estavam 120 ocupantes, entre passageiros e tripulantes.

Ao nível de voo FL350 ou 35 mil pés de altitude, a tripulação percebeu mau cheiro a bordo e um principio de fumaça a bordo da cabine. Os pilotos decidiram alternar em Dusseldorf na Alemanha e declarou emergência.

Em descida, passando pelos 29 mil pés (FL290), o Embraer E2 da KLM apresentou problemas no Mode S do transponder, que impossibilitou enviar e receber dados. 

Após voar 55 minutos, o PH-NXF realizou o pouso em Dusseldorf na Alemanha em segurança com seus 120 ocupantes. 

A aeronave permaneceu em solo por um dia para manutenção e revisão, decolando para Amsterdã no dia 1º de maio às 12h30 (horário local). O Embraer E2 da KLM retornou a malha no mesmo dia com os problemas resolvidos. 

 

 

Com informações do The Aviation Herald