Em maio de 2016 a Embraer entregava o primeiro E190 da J-AIR, uma subsidiária regional da Japan Airlines, também conhecida como JAL. 

Mas no dia 27 de outubro a Embraer entregou para a J-AIR, em São José dos Campos, o 10º E190 da companhia, cerimônia que foi acompanhada por um voo de entrega que deixou a aeronave em Osaka no dia 31 de outubro.

E a aeronave já realizou seu primeiro voo na companhia aérea hoje, cumprindo um voo de Osaka/Itami para Hakodate.

Na frota da J-AIR o E190 atende destinos regionais com maior demanda de passageiros, a companhia já operava anteriormente com o E170, e continua operando com essa aeronave. O E190 oferece maior flexibilidade na frota, uma vez que adéqua os interesses da companhia com o mercado.

E190 da J-AIR. Foto – Embraer

“Comemoramos a chegada do 10º E190 para o J-AIR e estamos ansiosos para expandir as operações da E190 da J-AIR em rotas domésticas, principalmente de Osaka (Itami) e Tóquio (Haneda), para oferecer maior comodidade e conforto aos nossos clientes”, disse Tetsuya Onuki, presidente da J-AIR.

“A frota de aviões E190 demonstrou uma confiabilidade de serviço muito alta, o que nos permite cumprir sem atraso os voos com clientes”, completou Onuki.

O primeiro E190 da J-AIR iniciou seus voos em maio de 2016. No 12º mês de operação, a frota de aviões E190 registrou uma confiabilidade de serviço de 99,85%.

Todos os E190 da J-AIR são configurados com 95 assentos em duas classes (Executiva e Economy). A companhia aumenta o conforto ao oferecer um sistema de entretenimento via wi-fi para os passageiros.

De acordo com a Embraer no Japão há 38 aviões da família E-Jet,  operados pela J-AIR e pela Fuji Dream Airlines, esta última aquela companhia dos aviões coloridos (imagem abaixo).