Mais um avanço foi feito nos testes do KC-390, no último dia 19 o cargueiro da Embraer realizou o primeiro contato da mangueira de combustível com o probe (local onde se conecta no caça a mangueira de combustível) de um F-5EM Tiger, porém foi seco, ou seja, não houve troca de combustível.

A missão ocorreu nas proximidades da base aérea de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, somente ontem segunda que a Embraer anunciou o feito durante o evento de artigos militares IDEX, que ocorre em Abu Dhabi.

Foto FAB/Embaer

Além dessa primeira missão, onde houve o contato entre a mangueira e o caça F-5, o KC-390 já realizou diversas formas de REVO, incluindo simulações a baixas velocidades para realizar o reabastecimento de helicópteros.

Mais missões estão programadas dentre elas, a operação em pistas com gelo e neve, além de exercícios com vento cruzado, esses serão realizados em Punta Arenas, no sul do Chile.

Foto – FAB/Embraer

Deve sair até o final desse ano a “Certificação Operacional Inicial”, o Certificado Operacional Final deve ser emitido no final de 2018. A FAB ao todo encomendou 28 unidades do cargueiro militar, aeronaves que devem ser entregues no primeiro semestre de 2018.

O KC-390 irá substituir os C-130 Hercules e KC-130 da Força Aérea Brasileira em missões de Revo, transporte de carga, homens (paraquedistas) e blindados. Além de realizar missões de busca e salvamento.

 

Via – Aviation Week