A-29 Super Tucano

A Embraer lançou uma nota desmentindo um executivo da companhia, em relação à participação do A-29 Super Tucano na joint-venture da empresa com a Boeing.

Nesta última semana o vice-presidente financeiro da Embraer, Nelson Salgado, disse que não haveria restrição para a participação do A-29 Super Tucano na mesma parceria do KC-390, em regime de Joint-Venture.

Em nota a Embraer disse: “A Embraer esclarece que a joint venture com a Boeing na área da defesa não envolverá o A-29 Super Tucano.”

Nelson Salgado disse que a Embraer espera entregar 10 Super Tucanos em 2019 e além da primeira unidade do KC-390.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA