A Emirates finalmente apresentou hoje como será sua Primeira Classe nas aeronaves Boeing 777-300ER, baseadas no conceito de suíte privativa do A380.

Apesar de ser um conceito baseado, essa nova configuração recebeu incrementos quer aumentam o luxo em comparação com o padrão utilizado anteriormente pela Emirates. É possível perceber isso pelas próprias fotos divulgadas pela companhia.

A nova cabine de Primeira Classe da Emirates terá seis suítes privativas, desenhadas em layout 1-1-1; o modelo inserido na frota atual conta com oito suítes privativas, em disposição 1-2-1.

Foto – Emirates

De acordo com a Emirates o design foi inspirado em uma Mercedes-Benz Classe S, o carro de luxo da fabricante alemã. O projeto foi feito em parceria com a mesma, e consumiu vários milhões de dólares da companhia, que topou pagar para aumentar substancialmente seu luxo a bordo.

É possível observar uma combinação ímpar de cores nesse novo interior. As cores puxam para o creme, champanhe e dourado-ouro, a finalidade é transmitir ao passageiro uma boa sensação de ambiente moderno, arejado e por não menos, luxuoso.

Quando acessamos o corredor podemos perceber toda a beleza da grafia das árvore de Ghaf, assessoradas por uma retro-iluminação branca.

Foto – Emirates

Outros detalhes também foram criados em colaboração com quatro empresas: A Boeing; Rockwell Collins; Panasonic; E o estúdio Jacques Pierre Jean.

A Rockwell contribuiu positivamente em uma reformulação da parte elétrica do avião, em conjunto com a Boeing que proporcionou acrescentar a modularidade no 777 para receber essa cabine privativa. A Panasonic trabalhou ativamente em um novo sistema de entretenimento para todas as classes do 777.

Foto – Emirates

Cada suite privada totalmente fechada possui uma porta deslizante que vai do piso ao teto, um assento com a tecnologia “Gravidade Zero” da NASA permite que o passageiro durma em uma posição real de cama. Ainda há uma espécie de armário onde é possível guardar um terno com a ajuda de um cabide, sem amassar o mesmo.

Diretamente a Emirates manteve o mini-bar, que armazena bebidas e lanches dentro de cada suíte, e acrescentou outras funções interessantes, como as vídeo-chamadas para falar com um tripulante de cabine. O serviço de bordo é oferecido sob-demanda para o cliente, que pode escolher o horário que deseja se alimentar. A Emirates continua levando um amplo cardápio com apoio de bons vinhos e champanhes.

Foto – Emirates

O sistema de entretenimento ganhou uma tela de LCD Full HD de 32 polegadas, da Panasonic, um fone de ouvido da Bowers & Wilkins com cancelamento ativo de ruído é fornecido para o passageiro durante o voo.

Para finalizar todo esse luxo a Emirates distribui um kit de amenidades com pijama hidratante, pantufas e itens de cuidados de beleza da Bulgari.

 

Mudança nas outras classes

De acordo com a Emirates, a nova Business Class foi inspirada em um moderno carro esportivo, somente em visual, pois o interior continua muito confortável, com largos assentos que reclinam totalmente e formam uma cama.

Por aqui o design reúne tons claros de madeira, com acabamentos na cor bege e branca, o desenho com detalhes cromados passa uma sensação de maior modernidade e realçam a boa sensação para os passageiros.

O sistema de entretenimento continua com uma enorme tela sensível ao toque, em vantagem o cliente tem várias opções de iluminação pessoal e um painel de privacidade com o assento ao lado.

Mas aqui vai uma crítica, a configuração típica 2-3-2 diminui a privacidade do passageiro e distancia essa classe da First.

Na Econômica a Emirates mudou a tonalidade dos bancos, que agora são em um suave azul, que realça bem as cores neutras e passa uma sensação de tranquilidade. Combinado com o banco em tecido, os encostos de cabeça são em couro e reguláveis.

O entretenimento conta com uma boa tela de LED, com resolução Full HD e sensível ao toque, com mais de 2500 canais, além de filmes e músicas on-demand.

 

Primeiros mercados

As duas primeiras aeronaves 777-300ER equipadas com novas cabines de Primeira Classe serão em breve alocadas para os trajetos de Dubai para Bruxelas e Genebra. A estreia das aeronaves será em 1º de dezembro.

Para os viajantes indo para ou vindo da Bélgica, o novo produto estará disponível no voo EK183, que sai de Dubai às 8h20 e chega a Bruxelas às 12h45. O voo de volta EK184 sai de Bruxelas às 14h35, chegando ao Terminal 3 em Dubai às 00h15 no dia seguinte.

A Emirates é a maior operadora mundial de aeronaves Boeing 777, incluindo cargueiros, com uma frota de 165 destas modernas e eficientes aeronaves de fuselagem larga para seis continentes a partir do hub em Dubai.

A companhia também declarou durante o Dubai Airshow que pode levar essas alterações do 777 para a sua frota de aviões Airbus A380, aumentando ainda mais o luxo a bordo.