Foto: Emirates/Divulgação.

À medida que as restrições diminuem em todo o mundo com o avanço da vacinação, mais pilotos, tripulação de cabine, especialistas em engenharia e equipe de solo serão necessários para suprir o aumento das operações da Emirates em sua rede global em resposta ao aumento da demanda de clientes da companhia dos Emirados Árabes Unidos. 

Segundo a Emirates, a companhia já restaurou 90% de sua rede e está a caminho de atingir 70% de sua capacidade pré-pandêmica até o final de 2021. Para isso, a operadora está complementando seus horários de voos com frequências maiores para atender a sua demanda. Além de implantar o Airbus A380 em rotas populares da sua rede. Em novembro, a Emirates oferecerá mais de 165.000 assentos adicionais em sua aeronave de dois andares.

Em setembro passado, a Emirates embarcou em uma campanha mundial para recrutar cerca de  3.000 tripulantes de cabine e 500 funcionários de serviços aeroportuários para se juntarem ao hub de Dubai para atender às necessidades operacionais decorrentes da recuperação da indústria de viagens. 

Por conta do aumento na demanda ter sido maior que o previsto anteriormente, a Emirates agora necessitará de mais 700 funcionários adicionais em Dubai e em toda a sua rede. Além disso, a Emirates está oferecendo oportunidades de carreira para 600 pilotos na equipe de Operações de Voo da companhia aérea global com base em Dubai.

Como parte da campanha de recrutamento, a Emirates também pretende reforçar sua equipe de engenharia, com a contratação de 1.200 funcionários voltados para a manutenção de aeronaves, entre engenheiros de aeronaves e equipe de suporte de engenharia. 

Os candidatos interessados nas vagas podem se inscrever acessando o site: https://www.emiratesgroupcareers.com

Via: Emirates

DEIXE UMA RESPOSTA