Emirates é multada pelo Departamento de Transportes do EUA por voos sobre o Irã

Foto/Divulgação: Emirates

A companhia aérea do Oriente Médio, Emirates foi multada em US$ 400 mil por realizar um sobrevoo no espaço aéreo iraniano. A multa foi aplicada ontem (1º/10) pelo Departamento de Transportes dos EUA.

A multa foi aplicada devido a época a Emirates ter feito sobrevoo no território do Irã, em meio aos conflitos políticos com os EUA. Mas a Emirates não é dos EUA, entretanto estava operando voos com o código em parceria com a norte-americana JetBlue. Em meio a tensão politica qualquer aeronave dos EUA ou realizando voos para empresas americanas estava proibida de sobrevoar.

Após o Irã derrubar um drone de vigilância americano que fazia voos sobre o Golfo no Omã, a FAA determinou que isso seria um risco para aeronaves comerciais. Em especial as operando voos para os EUA, poderiam ser confundidas com aeronaves militares e poderiam ser abatidas.

A multa foi aplicada em 2020 mas o ocorrido foi em Julho de 2019. A Emirates sinalizou que vai pagar a multa para não haver problemas futuros. A companhia disse que não acredita que a violação mereça ação coercitiva.

O Departamento de Transporte disse que vê as violações da Emirates com seriedade, e uma multa “estabelece um forte impedimento contra futuras práticas ilegais semelhantes da Emirates e outras empresas”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA