Emirates e Qatar reduzem projeção de retomada de voos com o Airbus A380

Foto - Divulgação

A Emirates reduziu bastante as suas rotas que devem receber o Airbus A380 em 2021, adequando também a oferta com a demanda reduzida por voos internacionais.

Ainda com um otimismo muito grande, a Emirates espera colocar o Airbus A380 para operar em pelo menos 20 rotas no próximo ano. Mesmo assim, essa oferta extra com o Airbus A380 deve ocorrer na temporada de verão, e provavelmente após uma vacina contra a COVID-19.

De acordo com o Routes Online, as operações da Emirates com o Airbus A380 serão para as seguintes cidades (a partir de março de 2021):

  • Amsterdã
  • Bangkok – Hong Kong
  • Pequim
  • Brisbane
  • Cairo
  • Guangzhou
  • Jeddah
  • Londres/Gatwick
  • Londres/Heathrow
  • Manchester
  • Ilhas Maurício
  • Moscou/Domodedovo
  • Mumbai
  • Nova York (JFK)
  • Paris (CDG)
  • Shanghai Pu Dong
  • Sydney
  • Tóquio (Narita)
  • Toronto

Anteriormente a Emirates esperava voltar a voar com o A380 para algo próximo aos 53 destinos que atendia antes da crise, incluindo Guarulhos. No entanto, a recuperação da demanda está em um estágio pior em comparação com as projeções iniciais.

 

Já na Qatar Airways

Diferente da Emirates, que tem uma frota gigante de aviões Airbus A380, a Qatar Airways tem apenas 10 aviões desse modelo na sua frota.

A companhia aérea árabe não planeja retomar os voos com o A380 pelo menos até 2023, de acordo com uma entrevista da Reuters com o executivo chefe da Qatar, Akbar al-Baker.

Os 10 aviões devem voltar a voar, mas por enquanto vão ficar estocados no principal aeroporto do país.


Dessa forma a Qatar Airways vai seguir os passos da Etihad Airways, que ainda tem 

 

DEIXE UMA RESPOSTA