Emirates Boeing 777X

Apesar da Boeing ter concluído a montagem final do primeiro Boeing 777-9X da Emirates nesta semana, as entregas da nova aeronave por parte da Emirates podem sofrer um atraso, por uma solicitação da própria companhia aérea.

A companhia ainda não decidiu se vai atrasar as entregas, mas o próprio projeto do 777-9X está sofrendo alguns meses de atraso, algo que pode afetar a companhia de modo a beneficiar seu planejamento.

Enquanto isso, a Emirates segue negociando com a Boeing uma possível conversão de parte dos pedidos para o 777X, e a companhia árabe quer novamente avaliar uma encomenda do Boeing 787, sem especificar por enquanto uma versão de preferência.

De qualquer modo, a Emirates tem 150 encomendas para o 777X, incluindo algumas para o 777-8X, e qualquer alteração para a Boeing significaria um impacto financeiro, visto que a linha 777X é a com maior valor de aquisição na sua lista de preço.

A Emirates já negociou anteriormente uma encomenda para 40 aviões 787-10 Dreamliner, mas as negociações não fluíram, e o 787-10 ficou só em um anúncio da empresa em 2017, que optou por uma mescla de aeronaves A330neo e A350XWB.

Tim Clark, CEO da Emirates, não confirmou se a companhia aumentou seu interesse pelo 787-10 devido a um recente incremento de desempenho, que a Boeing realizou para a Air New Zealand.

Na frota da Emirates, o 777X é uma boa opção para substituir o A380, ao mesmo tempo que poderia substituir o 777-300ER no futuro. Talvez a Emirates opte por utilizar o 777-9X somente para substituir o A380.

DEIXE UMA RESPOSTA