A350-900 nas cores da Emirates.

Parece ser o futuro, com o ganho em conforto da Business Class moderna, muitas companhias estão optando por manter seus aviões com layout de apenas duas classes, no máximo oferecendo uma Premium Economy, que demonstra ter várias diferenças de conceitos entre as companhias.

E a Emirates parece que deve manter a First Class apenas nos aviões que justificam esse conceito, o Boeing 777X, que tem uma suíte fechada (foto abaixo) e no Airbus A380, que tem até mesmo banheiro a bordo (mesmo que a água seja limitada).

Nova primeira classe da Emirates. Foto – Emirates

Para os novos aviões, que cumprem voos de média-longa distância, a Emirates quer investir mais na sua Business Class e na alternativa à Economy, a Premium Economy.

De acordo com o presidente da Emirates, Tim Clark, em entrevista ao Executive Traveller, a companhia não equipará seus novos aviões para esse tipo de voo com a Primeira Classe, neste caso, os passageiros devem contar somente com a opção da Classe Executiva, Premium Economy e Economy.

“Tanto para o pedido do A350 quanto do 787, permaneceremos sem a First Classe”, disse o presidente da Emirates, Sir Tim Clark, na mesma entrevista.

Nova Business Class da Emirates, no futuro a única opção de luxo em pelo menos metade da frota. Foto – Emirates

A partir de 2021 a Emirates deverá começar a receber aviões da sua mais recente encomenda, para 50 aeronaves Airbus A350-900 e 30 Boeing 787-9.

Essas aeronaves serão implantadas em rotas de médio e longo curso, perfeitas para destinos que ficam a 6 a 7 horas de Dubai (como Índia ou Europa Oriental) que realmente não precisam do luxo completo da Primeira Classe.

No longo prazo, para a década de 30, quando a maioria dos aviões Airbus A380 da Emirates estarão fora de operação, a companhia deverá manter o conceito apenas no Boeing 777X, e nas 150 encomendas para este avião.

DEIXE UMA RESPOSTA