A Emirates expandiu bastante a oferta de assentos para o Brasil nos últimos anos, mas parece que a empresa está analisando novamente o seu plano de voos para o Brasil.

Em 08 de dezembro deste ano São Paulo vai perder uma frequência da Emirates, no voo entre Dubai, São Paulo e Santiago, que passará de cinco frequências semanais para apenas quatro.

Em 07 de março de 2019 chega a vez dos voos entre Dubai, Rio de Janeiro e Buenos Aires, que vão sofrer um corte de duas frequências semanais, passando de sete frequências por semana para apenas cinco.

Até então esses cortes não afetam os voos operados pelo Airbus A380, que tem sete frequências semanais. Os outros voos são operados pelos Boeing 777.

Para justificar a sua decisão a Emirates disse em nota: “A decisão foi tomada após uma revisão recente de nossas operações, que foi realizada para garantir a utilização comercial ótima de nossa frota de aeronaves. Os passageiros com reservas nos voos afetados foram automaticamente remanejados para voos alternativos e devem entrar em contato com a Emirates ou a agência de viagens na qual a reserva original foi feita para qualquer assistência adicional.

A Emirates pede desculpas aos nossos clientes por qualquer inconveniente causado. Brasil e Chile continuam sendo importantes destinos de negócios e lazer para a Emirates e a companhia aérea continua comprometida em atender os clientes nos dois países com quatro voos semanais para Santiago e 11 voos semanais para São Paulo partindo de Dubai.

A Argentina e o Brasil continuam sendo importantes destinos de negócios e lazer para a Emirates e continuamos comprometidos em atender nossos clientes nos dois países com nossos cinco voos semanais para a Argentina e 16 voos semanais para o Brasil (Rio de Janeiro e São Paulo) partindo de Dubai.”