Emirates SkyCargo mantém o abastecimento de alimentos e outros produtos perecíveis durante a pandemia

Foto/Divulgação: Emirates

O primeiro voo de carga da Emirates SkyCargo saindo de Guadalajara, México, foi realizado no dia 2 de outubro, transportando várias toneladas de abacates e outros produtos agrícolas cultivados e colhidos no México, destinados às prateleiras de supermercados na Europa e no Oriente Médio.

No Quênia, 10 voos semanais da Emirates em outubro de 2020 do aeroporto de Nairobi transportam, entre outras mercadorias, frutas e grãos frescos como feijão verde, abacaxi, manga e abacate. A carga chega a Dubai, é distribuída para outros mercados regionais do Oriente Médio e depois segue para a Europa.

Os voos da Emirates que saem da Austrália e da Nova Zelândia transportam para mercados internacionais itens como carne e frutas, incluindo uvas e melancias.

Foto – Divulgação

Cocos e jacas da Tailândia, mangas da Índia, batatas-doces do Egito, mirtilos do Reino Unido, queijos da França e Itália, salmões da Noruega, cerejas do Chile, frutos do mar do Paquistão, produtos de confeitaria da Holanda e frutas tropicais do Vietnã são apenas alguns dos alimentos transportados todos os dias pela Emirates em sua rede global de mais de 130 destinos em seis continentes.

Consumidores em todo o mundo incorporaram em sua dieta ingredientes e produtos internacionais por motivos nutricionais e pelos seus sabores. Imigrantes de todos os lugares também procuram alimentos de seus países de origem nas prateleiras dos supermercados. Com a rede global de voos programados da Emirates SkyCargo, alimentos de diversas origens permanecem frescos, pois são transportados no menor tempo possível para seus destinos finais e mesas dos consumidores.

O crescimento dos mercados de exportação na última década também impulsionou as comunidades agrícolas e a agricultura nos diversos mercados de produção. Os voos da Emirates SkyCargo fornecem uma conexão rápida e direta entre fazendeiros e exportadores de alimentos e seus clientes finais em todo o mundo, mantendo seus meios de subsistência e promovendo a economia local.

 

A cada novo destino, a Emirates SkyCargo abre mais uma rota comercial para produtos alimentícios em todo o mundo. Por exemplo, a Emirates SkyCargo, com seus voos diretos, ajudou a criar um mercado de frutas tropicais do Vietnã no Oriente Médio; com isso, as exportações desses produtos aumentaram quase cinco vezes em apenas um ano em 2017.


Com a COVID-19 e a paralisação dos voos internacionais de passageiros, a cadeia de suprimentos de alimentos correu risco de desabastecimento. Mas a Emirates SkyCargo agiu rápido para restaurar sua conectividade de carga internacional, aumentando sua rede de somente 35 destinos atendidos por aeronaves cargueiras no final de março para mais de 130 destinos no início de outubro usando tanto aeronaves cargueiras quanto de passageiros. Hoje, cerca de 500 toneladas de alimentos são transportadas todos os dias nas aeronaves da Emirates em todo o mundo.

Via: Emirates

DEIXE UMA RESPOSTA