A Estelar Airlines operou um voo entre Madrid (MAD) e Caracas (CCS) com menos de 80 passageiros a bordo, 

A aeronave cumpriu a rota Londres-Madri-Caracas-Ezeiza, e durante a sua visita na capital venezuelana, o governo do país aproveitou o momento para ressaltar o poder da aviação no país, apesar da crise enfrentada até mesmo pelas empresas do país.

O Airbus A380 teve apenas 73 passageiros no primeiro voo neste trecho, sendo que a capacidade da aeronave é para 471 pessoas em três classes.

O Airbus A380 foi uma solução para a Estelar Airlines, que é a única companhia puramente venezuelana que realiza voos para a Europa, cumprindo uma rota entre Caracas e Madrid três vezes por semana. A companhia está com um Airbus A340 da sua frota parado, aguardando peças para a manutenção da aeronave, esse problema já levou ao cancelamento de pelo menos três voos.

O Airbus A380, que originalmente pertence à companhia aérea portuguesa Hi-Fly, foi alugado por duas semanas pela Estelar Airlines, que deve operar voos com essa média de ocupação no Airbus A380, o maior avião de passageiros do mundo.