Depois do próprio Niki Lauda vender boa parte da Laudamotion para a Ryanair, outra empresa que foi de Lauda pode ir para a mão de outro dono, é a LaudaMotion Executive.

A empresa funciona como um taxi-aéreo e  tem 13 aviões na frota, todos da Bombardier. A empresa foi repassada para o grupo suíço Sparfell Aviation, incluindo os 60 funcionários.

Nos últimos meses a Amira Air estava responsável por administrar a empresa. A LaudaMotion Executive tem sede na Áustria, e pode operar voos a partir deste país, uma vantagem para o Grupo Sparfell.

“Com a aquisição do LaudaMotion Executive, o Sparfell Aviation Group está agora apto a oferecer aos nossos clientes o fretamento de jato privado, consolidando nossa oferta para fornecer a solução turn-key que eles esperam”, disse o CEO da Sparfell Airways, Edward Queffelec. “Não poderíamos sonhar com um parceiro melhor para conseguir isso do que o LaudaMotion Executive.”

“A perícia, a reputação e a precisão de Niki Lauda foram lendárias, tanto na Fórmula 1 quanto na aviação”, disse o presidente do Sparfell Aviation Group, Philip Queffelec. “Tendo fundado três companhias aéreas, estamos honrados em defender seu legado e considerar nosso dever respeitar a empresa que leva seu nome.”