Empresa de leasing cancela encomenda para 30 aviões Boeing 737 MAX

Foto - Divulgação

A BOC Aviation divulgou hoje uma declaração indicando que cancelou um pedido para 30 aeronaves Boeing 737 MAX. A empresa também optou por adiar a entrega de 57 aviões do mesmo modelo.

A empresa de leasing, que tem sede em Hong Kong, declarou que esse cancelamento está sendo realizado devido às condições complicadas das suas clientes, e que não tem relação com os problemas enfrentados pelo 737 MAX.

A pandemia de COVID-19 resultou em uma diminuição em todos os países pela demanda por voos, e muitas companhias acreditam que o tráfego aéreo só será recuperado ao nível pré-pandemia em 2023.

A BOC Aviation tinha anteriormente um pedido para 87 aviões. A empresa já recebeu 6 aeronaves da sua encomenda original.

Ontem a Norwegian anunciou que estava cancelando todas as suas 92 encomendas para o 737 MAX, apesar de manter 15 aviões deste modelo na frota. 

No Brasil a GOL cancelou 34 encomendas para o 737 MAX durante esta crise, mas mantém o interesse em receber 95 aviões deste modelo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA