A empresa de leasing Amedeo anunciou hoje que está cancelando 20 encomendas que realizou para o Airbus A380.

A Airbus já considerava essa encomenda como inativa, visto que o primeiro avião da Amedeo deveria ser recebido em 2016, mas a empresa não se prontificou a receber o avião, logo a Airbus nunca chegou a fabricar tais aeronaves.

Desde então o pedido ficava como “confirmado” na lista de encomendas do A380, mas o cliente nunca se prontificou a negociar formalmente a rescisão do contrato, até a Airbus iniciar um processo para antecipar o fim da produção do A380.

A Amedeo confirmou o cancelamento e disse que está avaliando outras opções. Ela é responsável por arrendar aviões para a Emirates e Etihad, grandes clientes da Airbus.

Com esse cancelamento, e considerando que a Airbus não está aceitando novas encomendas para o A380, provavelmente o gigante de dois andares só terá 251 aeronaves fabricadas quando a produção for encerrada em 2021.