Empresa vende avião da Embraer para pagar manutenção

A companhia aérea africana Fastjet precisou vendeu um Embraer ERJ-145 para reduzir as suas dívidas, após fazer uma pesada revisão na aeronave da Embraer, que custou muito ao caixa da companhia.

Antes de ser repassado para a Solenta Aviation por US$ 2,2 milhões, o ERJ-145 havia sido usado nas operações da Fastjet em Moçambique antes que a empresa suspendesse os serviços no país no ano passado.

Esses recursos – na forma de uma nota de crédito – foram usados ​​para compensar parte de uma dívida de US$ 3,6 milhões, que a Fastjet devia para a Solenta pela manutenção de aeronaves e suporte ao braço do Zimbábue da Fastjet, reduzindo o montante devido para US$ 1,4 milhão.

O Fastjet Group ainda negocia a venda da operação do Zimbábue para a Solenta Aviation, mas o impacto da crise do coronavírus e as restrições operacionais impostas pelos governos da África do Sul e Zimbábue fizeram o processo ser suspenso temporariamente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA