Enquanto algumas companhias aéreas estão reduzindo a frota, ou pelo menos segurando a chegada de novas aeronaves, a Air Serbia pode adquirir novas aeronaves após a pandemia de COVID-19.

A informação foi compartilhada pelo ministro das Finanças da Sérvia, Siniša Mali, que prometeu uma ajuda do governo local na compra de novas aeronaves para a companhia aérea.

Atualmente a Air Serbia opera com 21 aeronaves na sua frota, e de acordo com Mali, este é um momento bom para adquirir novos aviões, visto que o mercado está com excedente de aeronaves.

O foco da companhia aérea no futuro será a expansão de rotas para a Europa, e no planejamento de voos de longa distância, Xangai está na lista da companhia aérea. Muitos dos aviões, no entanto, serão utilizados para substituir aeronaves antigas.

Siniša Mali também disse que sem a Air Serbia, o país não teria como repatriar tantos cidadãos. Ele também enfatizou que a Air Serbia transportou uma quantidade extraordinária de carga do COVID-19 para a Sérvia, a bordo de seu Airbus A330-200, voando de Belgrado para a China.

No início de maio, a ministra da Construção, Transporte e Infra-estrutura da Sérvia, Zorana Mihajlović, anunciou que a Sérvia está preparada para comprar toda a participação de 49% da Etihad na companhia aérea.

 

DEIXE UMA RESPOSTA