Pela quarta vez consecutiva, a equipe Alpha EESC-USP, da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, foi a vencedora da Classe Regular da competição SAE BRASIL AeroDesign, que terminou no domingo, 04 de novembro, na pista do aeroporto do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos, São Paulo. O avião projetado e construído pela equipe conquistou 504,97 pontos no ranking geral.

Na classe Advanced, a equipe Aero-Rio, da Pontifícia Universidade Católica (PUC), do Rio de Janeiro, foi a vencedora pelo segundo ano consecutivo com 451,19 pontos. A equipe Albatroz, da Universidade Do Estado de Santa Catarina (UDESC) foi a vencedora da Classe Micro, totalizando 417,27 pontos.

Em sua 20ª edição, a competição SAE BRASIL AeroDesign classificou em segundo lugar na Classe Regular a equipe Keep Flying da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo que conquistou 489,62 pontos.

Na classe Advanced, o segundo lugar foi para a equipe Car-Kará Advanced, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte que obteve 439,51 pontos. A equipe de Antonov, da Universidade Paulista (UNIP), campus de Brasília teve 382,46 pontos e ficou em segundo lugar na classe Micro.

As equipes que obtiveram o primeiro e o segundo lugares na Classe Regular – EESC-USP Alpha e Keep Flying – e as primeiras colocadas nas Classes Micro e Advanced  Aero-Rio Advanced e Albatroz – conquistaram o direito de representar o Brasil na SAE Aerodesign East Competition, que acontece em março de 2019, nos EUA, onde equipes brasileiras acumulam histórico expressivo de participações: oito primeiros lugares na Classe Regular, quatro na Classe Advanced e um na Classe Micro. A SAE Aero Design East Competition é realizada pela SAE International, da qual a SAE BRASIL é afiliada.

Troféu Embraer de Excelência em Projeto – com o objetivo de premiar excelentes projetos de engenharia que tenham qualidades como inovação, simplicidade, boas práticas, documentação bem detalhada, o Troféu Embraer de Excelência em Design foi para a Keep Flying da Politénica da USP. O troféu é de posse temporária até a final da 21ª Competição AeroDesign, quando será transferido para uma nova equipe premiada.

Menção honrosa – O Comitê Técnico da SAE AeroDesign 2018 concedeu Menção Honrosa às equipes que tiveram desempenho excepcional em 16 áreas:

Melhor projeto – Classe Regular – Uai Sô Fly!!!, da UFMG; Classe Advanced – EESC – USP – Charlie, Escola de Engenharia da USP de São Carlos; e Classe Micro- Trem Ki Voa Micro da Universidade Federaç de  São João Del Rey.

Melhor apresentação oral – Classe Regular – a Keep Flying da Politénica da USP; Classe Avançada – Equipe Leviatã – Instituto Tecnológico de Aeronaútica; e Micro – equipe Kamikase Micro da Universidade de Santa Cruz do sul.

Maior acuracidade carga paga (carga planejada a ser transportada) – Classe Regular – Zeus – Universidade Estadual do Maranhão; Classe Advanced – Car-Kará – Universidade Estadual do Rio Grande do Norte; Classe Micro – Antonov –  Universidade Paulista (UNIP), campus de Brasília.

Maior peso carregado – Classe regular – EESC – USP – Escola de Engenharia de São Carlos.

Maior pontuação de carga – Classe Advanced – Car-Kará – Universidade Estadual do Rio Grande do Norte.

Melhor sistema de aquisição de dados – Classe Advantage: Aero-Rio, da Pontifícia Universidade Católica (PUC), do Rio.

Menor tempo de desmontagem – Classe Micro: equipe Albatroz da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Maior eficiência estrutural – Classe Micro:  Albatroz da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Melhor equipe internacional – Kukulcán – da Esime Tucomán do México.

Torcida mais animada – Equipe Tucano da Universidade Federal de Uberlândia.

 

Torneio de Acesso

A SAE BRASIL criou o Torneio de Acesso, para participação à distância por meio do envio de vídeo de voo e plantas técnicas. O ingresso é obrigatório caso a equipe que não tenha sido sorteada para este ano deseje competir ano que vem em São José dos Campos.

O Torneio, como o próprio nome diz, será uma fase classificatória para as novas equipes e para as que não se desempenharam bem na Competição SAE BRASIL Aerodesign.

As equipes vencedoras foram: F-Carranca da Universidade Federal do Vale do São Francisco; a Uirá Zoo da Universidade Federal de Itajubá e a Triângulo Aéreo da Universidade Federal do Triângulo Mineiro.