Mais de 90 mil espectadores assistiram à última demonstração da Esquadrilha da Fumaça na 20ª Feira Internacional do Ar e do Espaço (FIDAE), a maior feira aeroespacial da América Latina, no Chile, no domingo (08). Dessa vez, a Esquadrilha escreveu no céu “FIDAE 2018” com a fumaça branca, encantando o público. 

A chilena e educadora de crianças, Patrícias Morales, ficou admirada com a apresentação. “Impressionantes as piruetas que eles fazem, inclusive juntos. Nunca havia assistido antes, somente por televisão ou vídeos. Mas ver ao vivo foi muito emocionante. Eu já sabia da amizade que existe entre a Fumaça e os Halcones, da Força Aérea do Chile, e estava curiosa para ver a demonstração da esquadrilha do Brasil”, comentou.

No terceiro dia de feira, a esquadrilha da Força Aérea do Chile, chamada Halcones, voou junto com a Fumaça diante de um público formado por militares de vários países, organizadores e representantes de empresas da área aeroespacial e imprensa mundial.

Os cinco aviões dos Halcones, Extra-300 L, lideraram a formação com as sete aeronaves A-29 Super Tucano, confirmando a proximidade dos grupos e as semelhanças da missão e das atribuições de ambos. Um dos objetivos dos militares é o estímulo para que jovens sigam carreira na aviação, além de promover o patriotismo em seus países.

Nesta formação, o piloto número 5 dos Halcones, Tenente Marcelo Reys, voou em uma aeronave da Esquadrilha da Fumaça pilotada pelo piloto número 5, Capitão Pedro Esteves. “Foi muito emocionante, pois sempre quis voar com a Esquadrilha da Fumaça. Já até tive a oportunidade de voar com a Fumaça no Brasil, mas fazer esse voo em formação com as duas esquadrilhas no meu país foi inesquecível”, disse Reys.

Com cerca de 40 acrobacias, a demonstração da Fumaça chamou a atenção do público presente por se diferenciar ao ser a única esquadrilha com sete aeronaves A-29 Super Tucano. As cores vibrantes da Bandeira do Brasil também se destacam entre os aviões presentes na feira.

 

Voo com o KC-390

Foto – Esquadrilha da Fumaça

E também a manhã desta última quarta-feira, dia 4 de abril, foi inédita para os chilenos presentes na feira. O maior avião de transporte militar fabricado no Brasil, o Embraer KC 390 fez um voo com as aeronaves A-29 Super Tucano da Esquadrilha da Fumaça.

Além do voo em formação com seis aeronaves, a manobra Break também foi feita com o cargueiro militar, mostrando a versatilidade do KC-390.

 

Agenda – O circuito da Esquadrilha da Fumaça continua nesta terça-feira (10), com o deslocamento das aeronaves A-29 Super Tucano para a cidade de Córdoba, com abastecimento em Mendoza, na Argentina. A aeronave de apoio será o C-105 Amazonas, do Esquadrão Arara (1°/9° GAV), da Ala 8, localizada em Manaus (AM). A próxima demonstração está marcada para quarta-feira (11), às 15h, na Escola Militar de Aviação da Força Aérea da Argentina.

 

Texto – Força Aérea Brasileira