Este será o novo treinador avançado da Airbus para a aviação de caça

A Airbus apresentou no último dia 16 de outubro seu mais novo conceito para um avião de treinamento militar ou, no campo mais agressivo, de ataque leve e reconhecimento.

Este conceito, chamado de Airbus Future Jet Trainer, é para um avião de tamanho pequeno, asas enflechadas, monomotor a jato e com capacidade para dois tripulantes. 

O novo conceito se assemelha bastante com o Aermacchi M-346, produzido na Itália. Pelas fotos podemos também observar um perfil bem tradicional, como uma cauda convencional em T invertido.

O avião não deverá ter capacidade de voar em velocidade supersônica, visto que é somente um treinador avançado de pilotos. O foco da aeronave será no conceito Future Combat Air System (FCAS), o novo caça “europeu” de 6ª geração, com integração entre os sistemas das aeronaves e facilidades para os pilotos migrarem do treinador para o caça.

De acordo com a Airbus, o avião deverá ser encomendado inicialmente pela Espanha, onde também será produzido. Muitas empresas estão entrando em parceria nesse projeto, fornecendo componentes e peças para o AFJT.

“O AFJT é um programa desenhado pela e para Espanha, que se posiciona como a solução de desenvolvimento operacional, industrial e tecnológico que permitiria ao país continuar com a sua posição de protagonista aeroespacial e de defesa setor”, disse Fernando Peces, chefe do programa Eurofighter na Airbus Defense & Space Espanha.

Em abril de 2019, o Governo Espanhol aprovou um orçamento de € 225 milhões para esta aquisição. No total, haverá um adicional de € 75 milhões por ano em 2020, 2021 e 2022, data em que a substituição do C-101 deverá ser concluída.


 

DEIXE UMA RESPOSTA