O ano-novo, uma das datas mais importantes para o mercado de viagens, se aproxima. Quais são os destinos em alta? E os mais baratos? Quando viajar? Quais são as tendências para o verão?

Para responder a estas e outras perguntas o KAYAK, maior ferramenta de buscas de viagem do mundo, lança a nova versão do Travel Hacker, um guia que aponta as principais tendências do turismo brasileiro de acordo com a análise de 2 bilhões de buscas de viagem anuais feitas no site.

O guia é dividido nas categorias Destinos em Alta para o Fim de Ano, Destinos Econômicos e Praias em Alta. Além disso, conta também com a ferramenta “Quando Reservar”, que aponta melhores datas para viajar no fim do ano e antecedência ideal de compra de passagens.

Elaboramos um guia gratuito que traça um panorama do turismo brasileiro e busca dar dicas e sugestões práticas de destinos e planejamento para os viajantes. Muitas vezes as pessoas se intimidam pelos preços mais salgados desta época do ano, mas com as ferramentas certas ainda é possível planejar uma boa viagem para as férias de verão” comenta Eduardo Fleury, Líder de Operações do KAYAK no Brasil.

Confira os principais achados do estudo:

 

1. Destinos em alta para o Ano-Novo

A primeira categoria destaca os destinos em alta – ou seja, os que mais cresceram em buscas em relação a 2018 – para o Ano Novo. Porto, em Portugal, lidera o ranking, que é composto quase exclusivamente por destinos internacionais, com exceção de Belém e Jericoacoara. “Este ano fomos na contramão de 2018, em que todos os destinos em alta para Réveillon eram nacionais. Além disso, apareceram em destaque destinos pouco tradicionais entre brasileiros – especialmente para ano-novo – como Bariloche, Joanesburgo, Dubai e Bangkok”, comenta Eduardo Fleury.


Destinos em alta para o fim de ano

Cidade

Crescimento % de buscas

Antecedência ideal de reserva para o verão

1. Porto

+ 226%

2 meses e meio

2. Bariloche

+ 204%

2 meses

3. Londres

+ 180%

1 mês e meio

4. Amsterdã

+ 179%

2 semanas

5. Joanesburgo

+ 175%

1 mês e meio

6. Dubai

+ 170%

3 meses

7. Bangkok

+ 160%

2 semanas

8. Milão

+ 133%

1 mês e meio

9. Belém

+ 132%

2 meses

10. Jericoacoara

+ 120%

2 meses

 

 

2. Destinos econômicos

A segunda categoria destaca os destinos mais baratos para quem busca opções econômicas. Destinos brasileiros compõem o ranking – uma boa opção para economizar e aproveitar para conhecer mais à fundo a cultura do Brasil. Para quem busca aliar praia e economia, Florianópolis e Rio de Janeiro são opções com passagens aéreas em conta.

Mais baratos no Brasil

Cidade

Economia em relação à média de preços*

Antecedência ideal de reserva

1. Brasília

– 44%

2 meses

2. Curitiba

– 44%

1 mês e meio

3. Campo Grande

– 39%

3 meses

4. São Paulo

– 39%

2 meses e meio

5. Vitória

– 38%

2 semanas

6. Belo Horizonte

– 36%

2 meses

7. Foz do Iguaçu

– 32%

2 meses e meio

8. Goiânia

– 31%

1 mês e meio

9. Florianópolis

– 25%

3 meses

10. Rio de Janeiro

– 24%

2 meses e meio

*de passagens para destinos no Brasil, para viagens entre Natal e Ano Novo

 

3. Praias em alta

A terceira categoria destaca cinco destinos de praia em alta para o verão, distribuídos pelo Brasil.

Praias em alta

Cidade

Antecedência ideal de reserva

1. Maceió

3 meses

2. Fernando de Noronha

3 meses

3. Florianópolis

3 meses

4. Paraty

3 meses

5. Natal

3 meses

 

4. Quando reservar

Por fim, o KAYAK preparou o Quando Reservar, categoria que mostra para os viajantes a antecedência ideal de compra de passagens aéreas com base no histórico de preços do KAYAK. Além disso, inclui a ferramenta Qualquer Lugar, que traz insights personalizados sobre a rota de viagem escolhida pelo usuário, como antecedência ideal de compra de passagens, meses de alta e baixa temporada e expectativa de variação de preços.

 

Viagens de Natal

Para viagens de Natal, o KAYAK recomenda 6 semanas de antecedência para destinos nacionais e 5 semanas para os internacionais. Para destinos domésticos, ir no dia 24 de dezembro e voltar no dia 26 é a melhor opção para viajantes que queiram economizar. Para os internacionais, o ideal é ir entre 24 e 25 de dezembro e voltar em 26 ou 27 de dezembro.

 

Viagens de Ano Novo

Já para as viagens de Ano Novo, o KAYAK recomenda 5 semanas para destinos nacionais e 7 semanas para destinos internacionais. Para viagens pelo Brasil, a melhor pedida para quem quer economizar sem passar aperto é ir no dia 31 de dezembro e voltar dia 1º ou 2 de janeiro. Para viagens internacionais, o melhor preço é garantido pela ida no dia 29 de dezembro e retorno no dia 01 de janeiro.

Os achados do levantamento apontam que viajantes que queiram economizar em viagens de Natal e Ano Novo devem comprar suas passagens o quanto antes. Nas próximas semanas os preços tendem a aumentar.

 

Metodologia

Confira a metodologia completa aqui.