Etiópia vai lançar nesta semana o relatório preliminar do acidente com 737 MAX

(Reuters) – A Etiópia não divulgará nesta segunda-feira (1º/04) um relatório preliminar sobre as causas do acidente da Ethiopian Airlines no mês passado, como esperado anteriormente, mas pode publicá-lo esta semana, disse à Reuters uma fonte próxima do Ministério do Transporte.

“Hoje não, talvez esta semana”, disse a fonte, quando questionada sobre o relatório sobre o acidente que matou 157 pessoas e colocou em solo em vários países no mundo o avião 737 MAX, aeronave mais vendida da norte-americana Boeing.

O relatório será examinado de perto em busca de pistas para quaisquer semelhanças entre o acidente de 10 de março e um acidente da Lion Air em outubro, envolvendo também um 737 MAX, que matou 189 pessoas.

As apostas são altas, com a Boeing tentando manter quase 5.000 pedidos do MAX 737, enquanto reguladores de segurança aérea enfrentam questionamentos sobre suas avaliações da aeronave e as companhias aéreas e as famílias das vítimas procuram respostas — e potencialmente indenização.

Segundo corretora Willis Re, as reclamações de responsabilidade relacionadas ao acidente etíope e ao 737 MAX podem ser a maior reivindicação de resseguro de aviação fora de uma guerra.

DEIXE UMA RESPOSTA