Lockheed Martin F-35A da USAF

Os EUA aprovou por meio do Departamento de Estado dos EUA a venda de para a Polônia de 32 caças F-35A. O valor estimado da venda é de US$ 6,5 bilhões.

“Essa venda proposta de F-35s fornecerá à Polônia uma capacidade de defesa credível para impedir a agressão na região e garantir a interoperabilidade com as forças dos EUA”, disse a DSCA (Agência de Cooperação em Segurança de Defesa), acrescentando que os novos jatos “aumentarão o estoque operacional de aeronaves da Polônia e melhorarão seu ar- capacidade de autodefesa ar-ar e ar-solo ”.

F-35A Lightining II- Foto da Força Aérea dos EUA por Airman Sênior Alexander Cook

Os caças F-35A poderiam chegar em 2024, e assim a Polônia poderia substituir os antigos caças russos MiG-29 e SU-22.

Atualmente, a Força Aérea da Polônia ainda opera 48 unidades do F-16C/D da Lockheed Martin, mesma fabricante do caça de 5º geração F-35A.

Em maio a Polônia enviou aos EUA uma carta de interesse em adquirir o caça F-35A, que já faz parte de outras forças aéreas, como Itália, Austrália, Israel, Coreia do Sul, Japão e os EUA, onde tem a maior frota do caça.

F-35A Lightning II da USAF

A venda dos caças ainda teria incluso um pacote de treinamento, logística e suporte. No treino estaria teria ainda a disponibilidade de instrutores para os pilotos poloneses.

Caso a venda se concretize, seria a primeira aeronave de 5º geração a ser operada pela Polônia.

 

Fonte de apoio: The Defense News/ Edição: Aeroflap