Estabilizador de um F-16 da Guarda Aérea da Carolina do sul e ao fundo um F-16 dos Thunderbirds, durante a F-AIR 2019- Foto: Guarda Aérea Nacional dos EUA pela Sargento Megan Floyd

A Força Aérea dos EUA, está mantendo quatro caças F-16C Block 50, em uma base aérea da Colômbia após a tensão da interceptação de um SU-30MKV a uma aeronave da Marinha dos EUA, na semana passada.

“A SCANG está realmente honrada por ter sido convidada a participar do F-AIR 2019 e do Relampago 4. Estes são apenas as últimas oportunidades para interagir e treinar com nosso parceiro Colômbia”, disse Brig. Gen. R. Scott Lambe, Ajudante Geral da Air Carolina. 

Os F-16 na verdade foram à Colômbia para participarem da F-AIR, um importante evento aeronáutico que aconteceu a duas semanas no Aeroporto José María Cordova em Rionegro (Antioquia).

Além disso, os caças também permaneceram no país onde participaram de um treino conjunto com os caças Kafir da Colômbia. O exercício em conjunto aconteceu nos dias 15 a 18 de julho, na Base Aérea de Palanquero.

Com o término do exercício militar conjunto os caças ainda se encontram em solo colombiano até que se estabeleça uma situação mais tranquila entre a Venezuela e os EUA, que já tem suas tensões e aumentaram após a interceptação.

Vídeo que mostra um pouco do treino entre as duas nações:

by: Webinformil.com


Durante o treinamento foram realizadas algumas missões, dentre elas, exercícios de combate ar-ar. Essa vinda dos F-16 dos EUA pode ser encara também como uma resposta amigável a ida no meio do ano passado da Colômbia a base Davis-Monthan em Tucson, onde durante cinco dias foram realizados exercícios entre as duas nações que estão aumentando os laços na área de defesa.

Os F-16C/D chegaram equipados com o sistema de designação de alvos AN/ASQ-213, um pod instalado no lado da aeronave que permite rastrear a localização dos sistemas de radar inimigo, para depois ser destruído com o avançado míssil anti-radar HARM AGM-88 e outras armas ar-superfície.

Fontes de apoio: Webinfoimil.com/ U.S Air Force