Bell Cobra do Exército do Irã. Notar o míssil Qamar e Beni Hashem- Foto: Agência de Notícias Fars

Os helicópteros de ataque Cobra, do Exército do Irã, terão novos armamentos de produção local.

Os mísseis, Heidar, Qamar-e Bani Hashem e Dehlaviyeh tem um poder destrutivo considerável e tem alcance de vários quilômetros, eles podem inclusive serem comercializados no futuro.

Como serão usados em um Cobra, aeronave que cumpre missões de ataque, os mísseis tem realmente essa finalidade.

O Heidar é exclusivamente para ataques ar-solo, o que em um cenário de real conflito é decisivo em uma neutralização de força terrestre.

Já o Qamar-e Bani Hashem também pode ser usado como ar-terra, mas tem a capacidade de ser usado como ar-ar, apresentando maior versatilidade.

O último dos três mísseis, o Dehlaviyeh, é guiado a laser é será usado como ar-solo, mas com uma precisão ainda maior contra blindados, podendo até perfurar alvos a 1,20 metros de profundidade.

Segundo informações da mídia local, a produção dos armamentos começa em breve, mas não se sabe uma data de fato que serão implantados nos Cobras do Exército do Irã.