F-16 Aviano USAFE
Um F-16C taxiando na Base Aérea de Aviano. Foto: Staff Sgt. Lindsey Maurice/USAFE.

Um caça F-16C Fighting Falcon da Força Aérea dos EUA fez um pouso de barriga na base aérea de Aviano, no nordeste da Itália. O incidente ocorreu no dia 02/03, mas imagens e informações do ocorrido só foram divulgadas posteriormente. 

Segundo o portal italiano The Aviationist, o caça de matrícula 89-2035 pertence ao 555º Esquadrão de Caça, “Triple Nickel”, com sede em Aviano. A aeronave perdeu a roda esquerda do trem de pouso principal enquanto decolava para uma missão de patrulha no leste europeu, carregando mísseis reais.

Antes de pousar de barriga, o piloto ainda tentou o pouso com auxílio do gancho de parada, afirma o portal.

Conforme o Air Force Timeso pouso de emergência do caça levou ao fechamento de edifícios perto da pista. 

“As equipes de resposta a emergências da Base Aérea de Aviano responderam e protegeram a área. Todas as outras operações da base voltaram ao normal”, disse a porta-voz Natalie Stanley em um e-mail. Ela não forneceu detalhes sobre a natureza do problema ou se o avião foi danificado.

O portal italiano explica que um problema comum com acidentes envolvendo o F-16 é o vazamento de Hidrazina. Trata-se de um líquido incolor que alimenta os sistemas elétricos e a EPU (Unidade de Força de Emergência) como parte de um sistema de energia de backup na aeronave.

Quando acionada, a unidade fornece energia de emergência para os sistemas da aeronave em caso de falha elétrica: em caso de falha de energia, a energia de emergência gerada pela EPU (acionada por hidrazina) é projetada para dar aos pilotos o tempo necessário para pousar a aeronave com segurança. 

No entanto, a hidrazina é um produto químico altamente tóxico e inflamável que pode ser confundido com água, tendo odor parecido com amônia. Dependendo da duração da exposição, os vapores de H-70 (70% Hidrazina e 30% água) podem ser extremamente perigosos para a saúde humana.

Localizada no nordeste italiano, na região de Friuli Venezia Giulia, a base aérea de Aviano pertence e é administrada pela Força Aérea Italiana. Porém, também é sede de três esquadrões de voo da USAFE (Forças Aéreas dos EUA na Europa e África).

A 31ª Ala de Caça é responsável pelos 510º e 555º Esquadrão de Caça, que operam o F-16, e o 56º Esquadrão de Resgate, que emprega o helicóptero HH-60G Pave Hawk

F-16 Aviano incidente
O F-16C 89-2035 que pousou de barriga em Aviano. Foto: Jacopo Mozzato – Jetphotos.com

Os F-16 de Aviano estão participando do policiamento aéreo aprimorado da OTAN no leste europeu, em virtude da guerra entre Ucrânia e Rússia.