F-35A disparando o canhão GAU-22, montado internamente. Foto: USAF.

Segundo a emissora suíça SRF, o F-35 estaria liderando a competição para ser o novo caça da Schweizer Luftwaffe (Força Aérea Suíça), obtendo o melhor desempenho em uma avaliação, embora a decisão política final ainda esteja aberta, informou o canal na segunda-feira (21), citando três fontes não identificadas.

Segundo a Reuters, o governo do país deve decidir ainda neste mês entre o F/A-18E/F Super Hornet, Dassault Rafale, F-35A Lighting II e Eurofighter Typhoon. O Saab Gripen E/F foi retirado da competição em 2019 por ainda estar em desenvolvimento. Atualmente a Suíça conta com caças F/A-18C/D Hornet e F-5E/F Tiger II

“De acordo com insiders, a Suíça pode comprar um número maior de F-35 com os 6 bilhões de francos suíços orçados do que seria o caso com os três concorrentes. O simulador do F-35 também pode ser uma vantagem: permitiria o F-35 para realizar significativamente mais missões de treinamento virtual do que a competição”, disse o programa investigativo da SRF, Rundschau, em um resumo de uma reportagem que vai ao ar na quarta-feira.

F/A-18D Hornet da Suíça disparando seu canhão M61 Vulcan durante o AXALP 2011. Foto: Peter Gronemann via Wikimedia (CC BY 2.0).

Pelo menos dois dos sete membros do Gabinete prefeririam um caça europeu, disse a SRF, enquanto os críticos prometeram lançar uma campanha de referendo sob o sistema suíço de democracia direta contra qualquer decisão de comprar um caça a jato dos EUA, aponta a Reuters. 

Na Europa, o F-35 já foi adquirido pela Itália, Inglaterra, Polônia, Dinamarca, Bélgica e Holanda. O jato também participa da Competição H-X na Finlândia, que deve apontar um escolhido até o final deste ano. 

Viola Amherd, Ministra da Defesa suíça, não quis comentar sobre a reportagem do Rundschau. O grupo também aponta que, pela avaliação do Governo, Viola “não tem escolha a não ser solicitar ao Conselho Federal a compra do F-35”, já que o caça norte-americano “teve um desempenho de longe o melhor no processo de avaliação.”

Na Suíça, o F-35A disputa com o Super Hornet da Boeing, Rafale da Dassault e o Typhoon do consórcio Eurofighter. Na imagem, um F-35A, Rafale C, Typhoon FGR.4 e Rafale B voam juntos em uma sessão de fotos do Exercício Atlantic Trident 21. Foto: Staff Sgt. Alexander Cook/USAF.

DEIXE UMA RESPOSTA