FAA investiga incidente com rachadura no Boeing 737

O último 737-300. Foto - Southwest

A FAA, Federal Aviation Administration, disse nesta sexta-feira (13) que iniciou uma investigação após um incidente em voo envolvendo uma aeronave Boeing 737 operado pela Southwest Airlines.

A FAA disse que a aeronave estava a caminho de Boise, Idaho, saindo de Las Vegas na segunda-feira e experimentou uma perda gradual da pressão da cabine antes de chegar ao destino sem causar danos aos passageiros.

Uma inspeção inicial da aeronave pela FAA revelou uma rachadura de 12 polegadas em uma área que já exige inspeções a cada 1500 ciclos de voo.

O Wall Street Journal informou que o regulador de segurança da aviação estava investigando possíveis problemas estruturais que afetam centenas de aviões Boeing 737.

“A aeronave foi retirada de serviço e atualmente está em manutenção, recebendo reparos”, afirmou a Southwest em comunicado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA