Conceito da Aerion para um avião supersônico de uso executivo.

Na noite desta última quarta-feira (06/01) o Departamento de Transporte dos EUA (DOT) e a Administração Federal de Aviação (FAA) emitiram uma regra final para facilitar o desenvolvimento seguro de aviões supersônicos de uso civil.

A regra simplifica e esclarece os procedimentos para obter a aprovação da FAA para testes de voo supersônico nos Estados Unidos.

“A ação de hoje é um passo significativo para a reintrodução do voo supersônico civil e demonstra o compromisso do Departamento com a inovação segura”, disse a secretária de transportes dos EUA, Elaine L. Chao.

Essa regra ajudará a garantir que as empresas que desenvolvem essas aeronaves entendam claramente o processo de obtenção da aprovação da FAA para a realização de testes de voo, que é uma etapa fundamental para levar seus produtos ao mercado.

“A FAA apoia o novo desenvolvimento de aeronaves supersônicas, desde que os parâmetros de segurança sejam seguidos”, disse o administrador da FAA Steve Dickson. “O teste de aeronaves supersônicas em Mach 1 só será conduzido após a consideração de qualquer impacto ao meio ambiente.”

O Departamento e a FAA preveem tomar medidas regulatórias adicionais para permitir o desenvolvimento de aeronaves supersônicas.

Diversas empresas estão desenvolvendo novos conceitos de aviões supersônicos, principalmente nos Estados Unidos. Isso resultou em uma movimentação da FAA para aprovar regras de voos supersônicos acima do continente, algo anteriormente proibido.

Além disso, a FAA também deve esclarecer como esses testes devem ocorrer, como a distância do avião de uma cidade próxima bem como os aeroportos que estão autorizados a receber aviões supersônicos.

Veja a lista completa de regras diretamente com a FAA Clicando Aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA