American Airlines Estados Unidos
Foto - Boeing Media

A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA), declarou na noite desta terça-feira (07/01) que voos comerciais devem evitar voar acima de países do Oriente Médio, como o Iraque e Irã, bem como nas águas do Golfo Pérsico e do Golfo de Omã.

Desde o ataque dos EUA que vitimou o general Qassem Soleimani, na última sexta-feira (03/01), algumas companhias já estavam evitando voar nas rotas indicadas pela FAA.

A decisão da FAA, se replicada por outras agências reguladoras, pode resultar até mesmo no cancelamento temporário de algumas rotas, devido à incapacidade dos aviões que voam nessas rotas conseguirem cumprir o trajeto com desvio.

Em nota a FAA disse:

“A Federal Aviation Administration emitiu Avisos aos Aviadores (NOTAMS) esta noite descrevendo as restrições de voo que proíbem os operadores de aviação civil dos EUA de operar no espaço aéreo sobre o Iraque, o Irã e as águas do Golfo Pérsico e do Golfo de Omã. A FAA continuará de perto monitorando eventos no Oriente Médio. Continuamos coordenando nossos parceiros de segurança nacional e compartilhando informações com companhias aéreas dos EUA e autoridades estrangeiras de aviação civil”.

DEIXE UMA RESPOSTA