Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Boeing 777 Pratt & Whitney United Airlines Motor
Foto: NTSB

A FAA (Administração Federal de Aviação dos EUA) emitiu uma diretriz de aeronavegabilidade (DA) solicitando que todos os motores PW4000-112 sejam inspecionados pelas equipes de manutenção das companhia aéreas.

De acordo com a própria agência, a inspeção deverá ser realizada utilizando um Thermal Acoustic Imaging (TAI), em oficinas autorizadas da Pratt & Whitney e listadas pela FAA.

Somente após a inspeção, e possíveis reparos, o motor será liberado para uso em aeronaves Boeing 777.

A FAA estima que cerca de 125 aviões Boeing 777 foram afetados por esse problema, e precisarão de inspeções nos motores antes da retomada de voos comerciais por esses aviões.

A diretriz se aplica apenas ao modelo PW4000-112, e as blades da fan frontal deste tipo de motor.

Um motor PW4000-112 esteve envolvido neste final de semana em um incidente nos Estados Unidos. Você pode conferir mais Clicando Aqui.

Em nota a Pratt & Whitney aproveitou para elogiar a tripulação do voo 328 da United Airlines por seu profissionalismo. A empresa também aproveitou para dizer que está coordenando todas as ações com a Boeing, operadoras de companhias aéreas e reguladores de segurança da aviação.