Força Aérea Brasileira FAB
Foto: Sargento Figueira/CECOMSAER
Para comemorar o aniversário de 91 anos do Correio Aéreo Nacional (CAN) e o Dia da Aviação de Transporte, foi realizada uma cerimônia militar na Base Aérea dos Afonsos (BAAF), no Rio de Janeiro (RJ), nesta segunda-feira (13).
 
O evento foi presidido pelo Chefe de Educação e Cultura do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço, e contou com a presença de outros Oficiais-Generais da Marinha do Brasil (MB), do Exército Brasileiro (EB) e da Força Aérea Brasileira (FAB).
 
Força Aérea Brasileira FAB
Foto: Sargento Figueira/CECOMSAER
O evento contou, ainda, com uma homenagem ao Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista, Comandante da Aeronáutica no período de 1999 a 2003 e Veterano do Correio Aéreo Nacional; a entrega da medalha “Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura” a seis militares; desfile aéreo das aeronaves KC-390 Millennium e C-130 Hércules; além da participação dos Veteranos do CAN e dos integrantes da Aviação de Transporte de ontem e de hoje, que encerraram o desfile.
O Brigadeiro do Ar Clóvis de Athayde Bohrer, Veterano do CAN, falou com muita emoção sobre sua passagem pelo Correio Aéreo Nacional: “Havia lugares que nós íamos, que só era possível chegar com avião da FAB. Para nós é um orgulho muito grande o papel que desempenhamos, ao levar aos mais necessitados recursos básicos que não chegavam até eles, e a nossa maior recompensa era ver o sorriso estampado naquelas populações”, sublinhou.
Força Aérea Brasileira FAB
 

Medalha Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura

A Medalha Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura foi instituída pelo Decreto número 7.085, de 29 de janeiro de 2010, por ocasião das comemorações do centenário de nascimento do Brigadeiro Nero Moura. Com o enfoque de enaltecer a figura, sem par, do líder e do Comandante Operacional, é uma distinção concedida a militares do Comando da Aeronáutica que exerceram ou exerçam o cargo de Comandante de Unidade Aérea, pela conduta em prol da operacionalidade da sua Organização e da Força Aérea Brasileira. A medalha é alceada por um passador de prata, constando de uma miniatura do brevê de Oficial Aviador.
 

Como tudo começou

Força Aérea Brasileira FAB

A data 12 de junho celebra a Aviação de Transporte da FAB em homenagem a uma de suas mais célebres missões: o Correio Aéreo Nacional (CAN). Neste dia, em 1931, os Tenentes Nélson Freire Lavenère-Wanderley e Casimiro Montenegro Filho realizaram aquele que foi considerado o primeiro voo do CAN da história. A bordo de um Curtiss Fledgling K-263, os militares saíram do Rio de Janeiro (RJ) e levaram um malote com cartas até São Paulo (SP). Isso significou a materialização do sonho de um grupo de pilotos, liderados pelo então Major Eduardo Gomes.
 

A Aviação de Transporte da FAB

Força Aérea Brasileira FAB

Ao todo, são 13 Unidades Aéreas da Aviação de Transporte na FAB, equipadas atualmente com os modelos KC-390 Millennium, C-130 Hércules, C-105 Amazonas, C-99, C-97 Brasília, C-98 Caravan, C-95 Bandeirante e U-100 Phenom. As Unidades estão sediadas em Manaus (AM), Belém (PA), Parnamirim (RN), Rio de Janeiro (RJ), Canoas (RS), Campo Grande (MS), Anápolis (GO) e Brasília (DF).
 

Transporte Aéreo Logístico

 
Em se tratando de Transporte Aéreo Logístico, a Aviação de Transporte já participou de diversas missões reais. Entre elas, a mais recente foi o lançamento de oito cargas do tipo CDS (do inglês Container Delivery System), totalizando aproximadamente 1.300kg de víveres e materiais essenciais para abastecer a Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF), localizada na Baía do Almirantado, que fica na ilha Rei George. Ainda em 2022 também foi realizada a Operação Repatriação que trouxe 68 refugiados da Ucrânia e o constante apoio às ações relacionadas à pandemia, com a Operação COVID-19.