Piper Seneca

Um Piper Seneca V de matrícula PP-WRS caiu nesta última quarta-feira (24) entre Ubatuba (SP) e Paraty (RJ), enquanto cumpria um voo que partiu às 20h30 do Aeroporto de Campo dos Amarais, em Campinas, e seguia para o Aeroporto Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

A aeronave estava transportando somente uma pessoa no momento do acidente, e dois pilotos estavam responsáveis por conduzir o avião até Campinas.

A Força Aérea Brasileira (FAB) foi avisada do desaparecimento do avião às 04h15 do dia 25 de novembro, e montou uma operação para buscar sobreviventes juntamente com a Marinha do Brasil e os Corpos de Bombeiro do Rio e de São Paulo. Até o momento nenhum ocupante da aeronave foi encontrado com vida.

Poltrona é um dos destroços recolhidos no local do acidente.

Nesta sexta-feira (26) a Força Aérea confirmou que encontrou um corpo no local das buscas, além de destroços da aeronave. Agora o IML avaliará se este é de algum passageiro da aeronave.

Em uma verificação no sistema da ANAC o Piper Seneca V (tecnicamente conhecido como PA-34-220T) pertence ao copiloto do avião, José Porfírio de Brito Júnior, que contava com Gustavo Carneiro como comandante do mesmo.

A aeronave de 1981 não tinha autorização da ANAC para fazer voos de táxi-aéreo, visto que mais uma pessoa estava a bordo, somente voos privados. Porém, o Seneca poderia fazer voos noturnos por procedimento IFR (por instrumentos).

As buscas pelos ocupantes continuam sendo realizadas. O acidente será investigado pelo CENIPA posteriormente.

Em um comunicado enviado para o R7, em reportagem de Luiz Fara Monteiro, a FAB disse:

“A Força Aérea Brasileira (FAB) lamenta informar que as equipes de resgate a bordo do helicóptero H-36 Caracal do 3°/8° GAV, unidade da FAB sediada na Base Aérea de Santa Cruz (Basc), localizaram o corpo de uma vítima não identificada na área de busca, provavelmente do acidente envolvendo a aeronave de prefixo PP-WRS, que se encontrava desaparecida no litoral do Estado do Rio de Janeiro.

O corpo foi resgatado pela aeronave da FAB e transportado até a Basc, onde foi entregue aos órgãos competentes para os procedimentos subsequentes.

A FAB se solidariza com a família da vítima e informa que permanece engajada com o helicóptero do 3°/8° GAV e o Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico de Curitiba nas operações de buscas aéreas no local do acidente.”

 

DEIXE UMA RESPOSTA