FAB inicia investigação de incidente com caça F-5M

Caça F-5FM (biplace) que está participando do exercício militar. Foto- André Magalhães (Aeroflap)

A Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou as investigações sobre o incidente que ocorreu na última quinta-feira (24/05), com um caça F-5M, em Santa Cruz (RJ).

Os pilotos que estavam a bordo do avião seguem sob cuidados médicos em Hospital da Força Aérea.

Uma equipe especializada em investigação de acidentes aeronáuticos esteve no local da queda da aeronave para realizar a Ação Inicial.

A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados, fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

Os militares da comissão de investigação integram o Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SIPAER), coordenado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA).

A investigação de ocorrência aeronáutica se dedica a identificar todos os fatores que tenham ou possam ter contribuído para uma ocorrência aeronáutica e tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.

O tempo necessário para a identificação desses fatores varia de acordo com a complexidade de cada ocorrência. Não há prazo para a conclusão das investigações.


 

Via – Força Aérea Brasileira

DEIXE UMA RESPOSTA