Foto: Força Aérea Colombiana.

Iniciaram ontem (30) os exercícios Cooperación VII e Ángel de Los Andes III, na Colômbia. Com a liderança da Força Aérea Colombiana (FAC) e a participação de outros 15 países do continente americano, incluindo o Brasil, os exercícios permitirão o treinamento real das delegações para trabalharem unidas em missões de auxílio humanitário em caso de desastres naturais. A Força Aérea Brasileira enviou militares e o cargueiro KC-390 Millennium matrícula FAB2855 para a operação. 

A aeronave brasileira decolou de Boa Vista (RR) às 10h09 do dia 28/08 e pousou em Medellín por volta de 12h49 do mesmo dia. O 2855 é o terceiro KC-390 entregue à Força Aérea Brasileira, sendo incorporado à frota do Esquadrão Zeus (1º Grupo de Transporte de Tropa) em junho de 2020. 

Militares do Esquadrão Zeus em forma durante a cerimônia de abertura dos treinamentos. Foto: FAC/Divulgação.

O General Ramsés Rueda Rueda, Comandante da Força Aérea Colombiana, presidiu a cerimônia oficial de abertura, realizada no Comando Aéreo de Combate n.º 5 (CACOM 5), base que divide seu espaço com o Aeroporto Internacional José María Córdova, na cidade de Rionegro.

Na cerimônia também estiveram presentes líderes das delegações estrangeiras, bem como o Secretário-Geral do Sistema de Cooperação entre as Forças Aéreas Americanas (SICOFAA), Coronel da USAF Michael Douglas Ingersoll.

Sob o lema “Unidos para salvar vidas”, tripulações, equipes de resgate e aeronaves dos Estados Unidos, Canadá, Chile, Brasil, Honduras, México, República Dominicana e outros países começam com dias de padronização dos diversos procedimentos, que serão o ponto de partida para o planejamento de missões de treinamento, em condições de máxima segurança. 

Segundo a FAC, até o próximo dia 10 de setembro de 2021, serão realizados desdobramentos em diferentes regiões do país para simular um terremoto e um tsunami, cenários que exigirão uma resposta oportuna e a integração das capacidades das Forças Aéreas do continente para atender a essas emergências de forma unificada.

Militares da Força Aérea Real Canadense também participam do exercício. Foto: FAC/Divulgação.

Além do KC-390, aeronaves C-130 Hércules, UH-60 Black Hawk, CASA C295, Cessna C208, Bell 212 e outras também devem participar dos eventos. No Twitter, a FAC também “brincou”, desafiando seus seguidores a identificar o jato multimissão brasileiro.

https://twitter.com/FuerzaAereaCol/status/1432662749314797568

Além dos exercícios de auxílio humanitário, militares da FAB também participaram de um treinamento de operações especiais junto de membros das unidades de segurança e defesa de bases aéreas da FAC. 

Realizado no Comando Aéreo de Combate Nº. 1 (CACOM 1) na última quinta-feira (26), o treinamento viu a prática de manobras e técnicas de resgate, infiltração e exfiltração de tropas em diferentes cenários, a fim de adquirir e realizar uma formação contínua que permita estar preparado e pronto para responder a qualquer tipo de missão.

DEIXE UMA RESPOSTA