Foto - AFP

Depois de entregar o primeiro A350-1000 para a Qatar Airways, Fabrice Brégier, desde 2017 presidente e COO na Airbus, despediu-se do seu cargo na empresa.

Ao todo Fabrice está desde 2003 envolvido com negócios da Airbus, quando assumiu os cargos de CEO e presidente da Eurocopter, atualmente Airbus Helicopters.

Fabrice Brégier destacou na sua despedida os desafios que passou durante sua trajetória na divisão de aviões comerciais da Airbus. Ele atuou desde 2006 como COO dessa divisão,  e como Chefe de Operações foi imprescindível para reorganizar a produção da Airbus, em meio à atrasos no programa do A380.

Com essa experiência, Brégier trabalhou nos últimos anos para aumentar exponencialmente a produção do Airbus A350, que chegará à 10 unidades por mês até o fim de 2018. Ele também ajudou a manter dentro do cronograma, sem muitos atrasos, o desenvolvimento da família A320neo, mesmo com os problemas de fornecedores, como os motores da Pratt & Whitney.

Fabrice Brégier (à direita) na entrega do primeiro A320neo para a Lufthansa.

“Podia ficar mais um pouco, mas sou um dos responsáveis com mais tempo na Airbus, por isso não tenho queixas. Vi a transformação e também agi no sucesso”, disse Fabrice Brégier durante a cerimônia de entrega do A350-1000 para a Qatar Airways.

No lugar de Fabrice Brégier ficará Guillaume Faury, que também vem da divisão de helicópteros da Airbus.