Foto: Ministério da Defesa da Argentina

A fábrica de aeronaves argentina “Brigadeiro San Martín” SA (FAdeA) entregou hoje (07) uma nova aeronave Hercules C-130 totalmente modernizada nas instalações localizadas em Córdoba, que será incorporada ao plano de emergência Covid-19, para aumentar as capacidades logísticas nas operações de apoio humanitário realizadas pelo Estado Nacional em face da pandemia.

“É um dia de grande alegria, porque hoje é adicionada outra aeronave Hercules C-130 que estava sendo modernizada na FAdeA, através do contrato de modernização que temos para essas aeronaves. Todos os testes correspondentes foram realizados e estarão disponíveis para unir todas as operações que os Hércules estão realizando diante da pandemia de Covid-19 “, disse Rossi, depois de observar que “são basicamente operações de repatriamento para cidadãos argentinos que ainda estão em no exterior e também pelo apoio logístico que leva suprimentos médicos para diferentes províncias argentinas”.

Da mesma forma, o Ministro da Defesa enfatizou a importância do papel desta fábrica emblemática na Argentina, que também atualmente desempenha um papel essencial diante da crise da saúde. 

“A fábrica de aeronaves argentina é um dos lugares que a Argentina deve continuar promovendo no futuro. A FAdeA foi isenta de quarentena porque precisamente o trabalho realizado nos permitiu operar com várias aeronaves que estão sendo usadas para as diferentes tarefas exigidas pelo Covid-19”.

View this post on Instagram

#Repost @mindefarg (@get_repost) ・・・ Hoy @fadeaoficial entregó a la @fuerzaaerea_arg el Hércules C-130 T66 modernizado íntegramente en la Fábrica Argentina de Aviones. El programa de modernización y remoción de obsolescencias que comenzó en 2014, involucra cinco aviones Hércules de la Fuerza Aérea Argentina y permite prolongar la vida útil de las aeronaves por al menos 20 años. Tanto el Ministro @rossiagustinok como la presidenta de FAdeA @mirtairiondok destacaron el rol estratégico de esta fábrica en momentos de crisis humanitarias, ya que en FAdeA se logró reparar varias de las aeronaves que están siendo utilizadas para las distintas tareas que demanda el Covid-19. . . .#fadea #fabricaargentinadeavionesbrigsanmartinsa #fabriacaargentinadeaviones #aviones #hércules #hérculesc130 #fuerzaaerea #fuerzaaereaargentina #defensa #covid #trabajoargentino #ingeniería #mecanicaaeronautica #cordoba #ArgentinaUnida ##unamosnuestrasfuerzas #aviones #aeronáutica #FadeaSa #FAA #FFAA

A post shared by Fuerza Aérea Argentina (@fuerzaaerea_arg) on


Este programa de modernização e remoção de obsolescência envolvendo cinco aeronaves Hércules da Força Aérea Argentina permite prolongar a vida útil da aeronave em pelo menos 20 anos e melhorar significativamente seu desempenho, uma vez que inclui alterações nos sistemas de navegação e comunicação, alertas e vigilância, busca e salvamento, visão noturna e aprimoramento de vários sistemas, como a digitalização do sistema de quantidade e indicação de combustível, controle eletrônico de hélices, entre outros.

Em vista do cumprimento deste novo marco da FAdeA, sua presidente Mirta Iriondo, diz que “existem poucas empresas no mundo que possuem pessoal qualificado e as capacidades necessárias para realizar esse tipo de intervenção. Devemos dimensionar e valorizar a importância de viver em um país que pode realizar essas tarefas de vital importância dentro de suas fronteiras para enfrentar momentos de crise humanitária como os que estamos enfrentando”.

Atualmente, a FAdeA continua trabalhando com o apoio permanente da Força Aérea Argentina e da Direção Geral de Aeronavegabilidade Militar Conjunta da

Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (DiGAMC) na modernização de uma quinta aeronave Hércules. Esta aeronave será entregue assim que as intervenções necessárias forem concluídas.

 

Fonte: Ministério da Defesa da Argentina 

DEIXE UMA RESPOSTA