No final da tarde desta terça-feira (19/06) a FedEx anunciou juntamente com a Boeing um novo pedido para mais aviões cargueiros.

A gigante de cargas dos EUA encomendou 12 aviões do modelo Boeing 767F, e mais 12 do modelo 777F.

No total essa encomenda tem um contrato avaliado em US$ 6,6 bilhões, considerando o preço de tabela desses aviões.

No ato de assinatura do contrato a FedEx ressaltou o grande alcance do 777F, capaz de realizar voos entre os Estados Unidos e a Ásia com muitas toneladas de carga a bordo. A FedEx é a maior operadora do 767F e do 777F, além de ter aeronaves desses modelos convertidas para configuração de transporte de carga.

O 767 Freighter, com base no jato de passageiros 767-300ER (alcance estendido), pode transportar aproximadamente 58 toneladas (52,7 toneladas) de carga. Já o 777 Freighter é o cargueiro bimotor de maior alcance do mundo. O jato pode voar 9070 quilômetros com uma carga de 112 toneladas.

A mesmo tempo essa encomenda para 24 aviões só reforça o crescimento de 10% em 2017 do mercado de carga, em todo o planeta. Só neste ano o mercado deve crescer 5%.

Com o último pedido da FedEx Express, a Boeing já vendeu mais de 50 cargueiros de fuselagem larga em 2018.