A Esquadrilha da Fumaça está participando da maior feira aeroespacial da América Latina, a 20ª Feira Internacional do Ar e do Espaço– FIDAE – no Chile, entre os dias 3 e 8 de abril.

A equipe composta por trinta militares pousou em Santiago na tarde desta terça-feira, dia 3 de abril, após sobrevoar a Cordilheira dos Andes, uma cadeia montanhosa que possui, aproximadamente, oito mil quilômetros de extensão. É a maior cadeia de montanhas do mundo em comprimento, com altitude média em torno de quatro mil metros. Seu ponto culminante é o monte Aconcágua, com 6.962m de altitude.

Ao sobrevoar a cordilheira, os aviões da Fumaça voaram em formação com a aeronave de apoio da missão, o C-105 Amazonas, do Esquadrão Onça, de Campo Grande (MS), para que pudessem ser produzidas fotos de rampa. No momento do voo, a rampa do avião se abriu para que os fotógrafos a bordo da aeronave de apoio pudessem fotografar as aeronaves da Fumaça em formação sobre a cordilheira.

E também a manhã desta última quarta-feira, dia 4 de abril, foi inédita para os chilenos presentes na feira. O maior avião de transporte militar fabricado no Brasil, o Embraer KC 390 fez um voo com as aeronaves A-29 Super Tucano da Esquadrilha da Fumaça. Além do voo em formação com seis aeronaves, a manobra Break também foi feita com o cargueiro militar, mostrando a versatilidade do KC-390.

Após o voo inédito, as aeronaves da Fumaça deram início ao treinamento da demonstração que será apresentada para o público em geral a partir do dia 7. O voo pôde ser assistido pelos militares do Chile e de vários países, além da imprensa, organizadores e representantes de empresas que estão expondo na feira.

 

Fotos e Texto – Esquadrilha da Fumaça