Gripen sueco e Hornet finlandês. Foto: Desconhecido.

O Governo Finlandês solicitou aos concorrentes do Programa HX para aquisição de novos caças que enviem suas propostas finais até o dia 30 de abril. O país deverá tomar sua decisão sobre a nova aeronave ao final desse ano. 

O Programa HX visa definir um novo caça para substituir os F/A-18C/D Hornet da Força Aérea Finlandesa. “A solicitação da melhor oferta final e as ofertas vinculativas esperadas dos licitantes é a fase final da licitação no programa de caça HX”, disse o Comando de Logística das Forças de Defesa da Finlândia.

JAS-39 Gripen E durante demonstração na Finlândia. Foto via Reddit.

Estão participando da competição o Saab Gripen E/F, Dassault Rafale, Boeing F/A-18 Super Hornet, Lockheed Martin F-35 Lightning II e Eurofighter Typhoon. O parlamento finlandês já aprovou US$11,4 bilhões em financiamento para a nova aeronave. 

O governo afirma que está usando quatro critérios para julgar os candidatos: capacidade militar, segurança de suprimento, participação industrial e custos. “As implicações das políticas de segurança e defesa serão avaliadas separadamente, fora do processo de licitação real.” 

F-35A da USAF e F/A-18C finlandês. Foto: Força Aérea Finlandesa.

“As opções de cada competidor diferem quanto aos custos de introdução no serviço, necessidades de construção e integração no sistema de defesa. É por isso que cada um receberá um limite de preço específico e, além disso, uma opção semelhante será incluída para cada competidor para compras posteriores e alterações contratuais. Portanto, o preço máximo estabelecido para cada proponente é de cerca de €9 bilhões”, disse o Comando Logístico. 

As propostas que passarem por um processo de avaliação após o prazo de apresentação passarão por uma avaliação final de capacidade, “levando em consideração os pacotes oferecidos e os valores de capacidade verificados com base em eventos de teste”. 

Haverá também um “jogo de guerra de longo prazo para determinar a eficiência operacional do sistema HX de cada candidato”.

Via Flightglobal