Fornecimento de energia passa a ser contínuo para o Aeroporto de Macapá

Foto - Infraero

O Aeroporto Internacional Alberto Alcolumbre, em Macapá (AP), deixou de fazer parte do rodízio de fornecimento de energia e, a partir desta sexta-feira, 20/11, passa a receber continuamente a eletricidade na sua subestação.

Com isso, o sistema de ar condicionado poderá voltar a funcionar plenamente, sem prejuízo à rede de energia elétrica do aeroporto. Anteriormente, o fornecimento em rodízio, sem estabilidade, não permitia a sustentação em tempo integral do sistema.

Vale destacar que o Aeroporto segue operando normalmente desde o dia 3/11, quando começou o desabastecimento de energia no Estado. As operações não sofreram qualquer impacto neste período, possibilitando chegadas e partidas de Macapá. O Aeroporto usou geradores próprios e reduziu a energia em áreas não utilizadas do terminal. 

Desde o início do desabastecimento de energia no Estado, a Infraero disponibilizou pontos de tomada no saguão de passageiros para que a população macapaense pudesse recarregar seus celulares e aparelhos eletrônicos. São 83 tomadas que, com o uso de extensores e réguas, foram multiplicadas para o uso da população.

O Aeroporto também ampliou o número de caixas eletrônicos, de um caixa 24 horas, para cinco unidades, sendo um preferencial.

A Empresa criou um gabinete de crise e apoia as ações dos governos Federal e Estadual no sentido de dar apoio à população do Amapá (AP) enquanto a concessionária de energia elétrica trabalha para restabelecer o fornecimento de energia no Estado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA