Rafale Talios Meteor França Thales
Rafale biplace com mísseis MICA e Meteor, bombas AASM Hammer e o pod TALIOS. Foto: Dassault.

O Governo da França, através da Diretoria Geral de Armamentos (DGA), fechou um pedido para mais 21 pods TALIOS. O equipamento é usado para identificar e designar alvos e orientar bombas guiadas, e será empregado pelos caças Rafale F3R e F4. 

Segundo a Thales, fabricante dos pods, este novo pedido elevará para 67 o número total de pods TALIOS em serviço com a Aviação Naval Francesa e a Força do Ar e Espaço da França. Os novos pods serão entregues entre 2024 e 2025, logo após o cumprimento do pedido inicial de 46 sistemas TALIOS.

A compra dos novos conjuntos optrônicos faz parte do investimento francês na nova versão F4 do Rafale, ainda em desenvolvimento mas já adquirida pelos Emirados Árabes Unidos. O padrão F4 vai incorporar capacetes com display integrado, novas telas multifuncionais, IRST, melhorias no radar e novas bombas guiadas de 1000 kg. 

Continua depois do anúncio
Piloto no assento traseiro de um Rafale B F4.1 com o sistema Scorpion montado no capacete. Imagem: DGA/Captura de tela.

“Em um ambiente operacional cada vez mais conectado, o pod TALIOS permitirá que as aeronaves padrão Rafale F4 realizem missões de reconhecimento aéreo e ataque solo/superfície. O pod fornece uma pesquisa de área ampla e capacidade de identificação de alvos e pode então alternar instantaneamente para o modo de aquisição e rastreamento de alvos.” 

“Seus sensores de alta resolução fornecem uma imagem colorida da situação tática para simplificar as tarefas dos pilotos do Rafale. A Thales também desenvolveu um novo modo Vision Permanent™, que sobrepõe vídeo em tempo real em um mapa 3D do ambiente operacional, permitindo que as tripulações aéreas observem e compreendam a situação tática em um tempo significativamente menor.”

Foto: Força Aeroespacial Francesa.

O TALIOS finalmente incorporará algoritmos de inteligência artificial para fornecer um nível sem precedentes de assistência na detecção e reconhecimento de alvos e acelerar ainda mais o processo de tomada de decisão, principalmente em compromissos de alta intensidade.

Continua depois do anúncio

“Os novos modos de reconhecimento do pod TALIOS e os algoritmos automáticos de detecção e reconhecimento de alvos fornecerão às Forças Armadas Francesas um nível de superioridade operacional sem precedentes para classificar, engajar com segurança um alvo e avaliar os resultados de um ataque no solo ou na superfície”, disse Christophe Salomon, vice-presidente executivo de sistemas terrestres e aéreos da Thales.