Dassault Rafale
Dassault Rafale F3-R. Foto: Dassault/Divulgação.

França e Croácia oficializaram hoje (25) a aquisição de 12 aeronaves de caça Rafale da francesa Dassault. O negócio avaliado em 1.1 bilhão de euros foi assinado em cerimônia com o Presidente francês Emmanuel Macron junto do Primeiro-Ministro croata Andrej Plenković e demais autoridades. 

Em maio, a Croácia anunciou que escolheu o Rafale para substituir seus antigos MiG-21 Fishbed.

O contrato assinado nesta quinta-feira cobre 10 Rafale C e dois Rafale B, todos de segunda mão e da versão F3R, a mais moderna em serviço, além de serviços de suporte, treinamento, manutenção e um simulador de voo. 

Dassault Rafale C RECO NG
Rafale C francês carregando um pod de reconhecimento Thales RECO-NG. Foto: Thales.

As aeronaves serão entregues à Croácia entre 2024 e 2025. Segundo o jornalista Peter Voinovich, o Governo Croata se recusa a revelar o pacote de armamentos adquirido por conta de críticas internas.

Contudo, ele menciona uma compra “básica moderna” de armamentos ar-ar e ar-solo. Voinovich também reforça que “ainda é um mistério” se os Rafales croatas terão radares de varredura eletrônica ativa (AESA). 

Estou muito satisfeito, em nome da Dassault Aviation e seus parceiros, por estabelecer uma relação de confiança com a Croácia, um país europeu, e por estar escrevendo uma nova página para o Rafale, que tenho certeza que entregará à Força Aérea Croata satisfação completa, ao mesmo tempo que contribui ativamente para o exercício da soberania nacional da Croácia, disse Eric Trappier, CEO da Dassault, após a cerimônia de assinatura do contrato. 

Segundo a Dassault, a escolha do Rafale, anunciada no dia 28 de maio, após um concurso internacional envolvendo aeronaves europeias e americanas, reflete a sua superioridade tecnológica e operacional, bem como o excelente trabalho desenvolvido pela equipe “França” para consolidar a sua posição nas forças aéreas europeias .

DEIXE UMA RESPOSTA